Compaixão de Cristo.


“Ainda que o SENHOR entristeça a alguém, usará de compaixão, segundo a grandeza das suas misericórdias” (Lamentações 3.32).


Há ocasiões em que pensamos que Deus nos abandonou;  que nossas orações não são atendidas, porque achamos que não fomos ouvidos. A bem da verdade, segundo o texto bíblico mencionado, o SENHOR em algumas ocasiões nos faz passar por tribulações, porém, a Sua atitude é para que nos aproximemos mais d’Ele. A Bíblia nos assegura que as Suas misericórdias se renovam a cada manhã e, que elas são causa de não sermos consumidos. Agradeçamos ao Senhor a vida que nos concede, as lutas, as vitórias e todas as coisas que nos acontecem, pois partem de um coração bondoso que nos ama.

Jesus Cristo é o SENHOR!


“Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR”

A sábia e inerrante Palavra de Deus nos orienta quanto ao nosso proceder em relação a todas as nossas atitudes. Uma grande parte dos que se acham servos de Deus não condiz com esta verdade bíblica; ao contrário, busca ter o reconhecimento público e notório de seus atos. Há falta de humildade em muitos, principalmente, com relação aos títulos, pois fazem questão de exibi-los como se fossem coisas imutáveis, destinadas a engrandecer o próprio ego. O Senhor manda que vivamos para a sua glória, porque d’Ele vêm justiça e juízo. Jesus disse, quando fizermos todas as coisas devemos nos considerar servos inúteis.

Planejar é uma ARTE!!!


“Dizem que quem faz um bom planejamento já realizou 50% das tarefas a serem desenvolvidas.” 

“Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar”.(Lucas 14:28-30).

O que é planejamento?

Segundo o Dicionário Aurélio, planejamento é o ato ou efeito de planejar (Fazer o plano ou planta de traçar); Trabalho de preparação para qualquer empreendimento, seguindo roteiro e métodos determinados; Elaboração por etapas, com bases técnicas, de planos e programas com objetivos definidos, considerando aspectos como o prazo, custos, qualidade, segurança, desempenho e outras condicionantes. 

• PREDETERMINE O CURSO DA AÇÃO.
• LANCE METAS.
• AJUSTE AS PRIORIDADES.
• NOTIFIQUE PESSOAS – CHAVE.
• ESPERE PROBLEMAS E IMPREVISTOS.
• JULGUE OS SUCESSOS.
• AVANCE EM AÇÃO.
• REVISE DIARIAMENTE O PROGRESSO.

Um planejamento bem realizado oferece inúmeras vantagens à equipe de projetos. Tais como: 

• Permite controle apropriado;
• Evita problemas na fase de execução;
• Satisfação geral dos participantes;
• Melhor coordenação das interfaces do projeto;
• Possibilita resolução antecipada de problemas e conflitos;
• Propicia um grau mais elevado de assertividade nas tomadas de decisão;
• Maiores chances de sucesso e bom êxito na execução do projeto.

O QUE FAZER? POR QUE FAZER? COMO FAZER? QUANDO FAZER? QUEM VAI FAZER? QUANTO CUSTA? 



ESTABELEÇA PRIORIDADES:

Comece a fazer o que tem que ser feito: “necessário”,
Depois faça o que pode ser feito: “possível”,
E de repente estarás realizando o que é impossível de ser feito: “inacreditável”.

“Prepare-se para o inevitável, prevenindo o indesejável e controlando o que for controlável”.

“Tudo, porém, seja feito com ordem e decência” (ICo 14.40).

Planeje sempre. Fiquem com Deus.


ALBA JOACY

Triunfando sobre os Gigantes!


Hoje mesmo o SENHOR te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel. 1 Samuel 17: 46.

Esse trecho relata um dos mais famosos duelos de todos os tempos travado entre o jovem Davi e o gigante filisteu Golias. Davi se destacou pela sua coragem de enfrentar um adversário tão experiente e forte que havia amedrontado todos os guerreiros do exercito israelita.
No nosso dia-a-dia sempre somos afrontados por vários GIGANTES e podemos dividi-los em duas classes:
* Gigantes Internos – Depressão, Rancor, Complexo de Inferioridade e etc.
* Gigantes Externos – São aquelas pessoas que movidas pela inveja buscam ver no nosso fracasso espiritual e material.

Mas independente de qual seja a classe do gigante que esteja tentando te afligir, Deus é poderoso para te garantir vitória. A coragem é indispensável para vencermos os gigantes – Ser uma pessoa corajosa não quer dizer ser uma pessoa sem medo porque a coragem é o domínio do medo e não à ausência dele.

Para triunfar sobre os Gigantes é necessário lembrar daquilo que Deus já fez em sua vida.
Quando Davi foi à presença de Saul para se apresentar para o combate com o Filisteu, o rei lhe mostrou as suas limitações a pouca idade e a falta de experiência, porém Davi se lembrou dos grandes livramentos e vitória que Deus lhe deu sobre o Urso e o Leão pois no momento que nós lembramos das grandes coisas que o Senhor já fez em nossas vidas encontramos forças para vencer novos desafios.

Disse mais Davi: “O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai, e o SENHOR seja contigo.” 1 Samuel 17:37
O que é de Saul não serve para Davi.

O rei Saul ofereceu sua própria suntuosa armadura para Davi, porém o jovem se sentiu desconfortável com ela de forma que não conseguia nem andar direito sendo assim a rejeitou e com isso aprendemos que não precisamos imitar ninguém, pois para cada um o Senhor já entregou habilidades especiais e exclusivas, no caso de Davi foi algumas pedrinhas e destreza a usar o seu estilingue.

Quem pode amaldiçoar a quem Deus tem abençoado?

Quando o Gigante filisteu se aproximou do jovem Davi para o combate vendo-o o desprezou, mas está escrito que “Deus usa as Coisas Fracas para confundir as Fortes.” O Filisteu tentou amaldiçoar pelo nome dos seus deuses, mas de nada adiantou, pois Davi estava debaixo da sombra do Deus Onipotente e quem seria o Incircunciso, ou seja, aquele que não tem aliança com o Deus vivo para querer amaldiçoar o ungido do Senhor”.

Para triunfar sobre Gigantes é necessário colocar Deus na frente. Davi não foi para o duelo confiando na sua força nem muito menos no seu potencial bélico, mas sim em Deus que é conhecido como o SENHOR dos exércitos que não tem nem uma derrota no seu histórico de guerras.
Davi, porém, disse ao filisteu: “Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.” 1 Samuel 17:45.

Que Deus os abençoe sempre, mas saiba que ELE é o seu escudo e te protejerá e te defenderá de todo mal. Basta CRER!

Beijos da Alba

Arrependimento: Caminho certo para a salvação!


“Se o Meu povo que se chama pelo Meu nome, se humilhar, orar e Me buscar e se converter de seus maus caminhos então Eu vos ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” 2 Crônicas 7.14.

            Arrependimento, essa é a palavra chave dessa passagem bíblica. O Senhor nos invoca ao arrependimento de nossos maus caminhos. Quer que reconheçamos nossos erros e nos voltemos a Ele, humildemente, de todo nosso coração, para assim nos perdoar e sarar a nossa terra. Infelizmente muitos de nós, por ter a certeza da disponibilidade do Senhor em perdoar, tornamos a cometer os mesmos erros. É aí onde mora o perigo. O perigo de cair e retroceder na caminhada, magoando o coração de Deus. O detalhe importante implícito nessa mensagem trata justamente do “não tornar a pecar”. 

            O Senhor é grande em misericórdia e o perdão é um dom gratuito derramado por Ele a todos nós, mas muitas vezes "abusamos" de sua infinita bondade e misericórdia e tornamos a cometer esses erros, conscientemente. O arrependimento é louvável, mas o tornar a pecar é retroceder na caminhada cristã. O próprio Jesus nos deixou esta recomendação:

"...Vai e não pequeis mais". João 8:11

            O Senhor busca por corações quebrantados e dispostos a seguir fielmente a sua Palavra. O arrependimento é o quebrantar do coração e a Palavra nos foi dada para ser seguida com fidelidade. Ali nos foi deixado o manual da vida, escrito pelo Próprio autor e consumador dela. Basta segui-Lo. Fácil não é, mas o próprio Deus se tornou homem, carne como nós, por meio de Cristo Jesus para nos provar que é possível!

            Estejamos dispostos a buscar constantemente na Palavra do Senhor a verdadeira conduta Cristã para as nossas vidas. O Senhor reconhecerá nossa sede em buscá-Lo e agradá-Lo. Assim ouvirá dos céus com grande alegria e verdadeiramente sarará a nossa terra. 

“... Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”. – Atos 16:31

Beijos da Alba. Até a próxima.
Fiquem com DEUS!