Como viver em constante paz interior e exterior?

11:03 3 Comments

Escrito por Alba Joacy



Quando se fala em paz, habitualmente nos vem a idéia de uma situação externa onde não há conflitos abertos. No entanto, a verdadeira paz é um estado interior de contentamento, de tranqüilidade satisfeita; é sentir o sol no peito; é ter um peito de ouro; é sentir o frescor e a fertilidade da primavera no coração.Assim, o rei Salomão convida-nos a ser como ele, pois se cultivarmos a paz interior todos os dias, se fizermos dela o pão nosso de cada dia, o que há de melhor fluirá de nós, para nós. 

A verdadeira paz não cai do céu.

É preciso trabalhar para que a verdadeira paz se aproxime de nós. Para isso devemos nos afastar, na medida do possível, do ciúme, da inveja, da competição, da raiva, do medo e da angústia. A cada centímetro que nos distanciamos desses estados negativos, ganhamos um centímetro em direção ao país da paz.A paz é um querer bem que implica ter um coração limpo. O alicerce do Amor verdadeiro é um coração limpo. 

O Cântico dos Cânticos nos ensina a Amar.

O maravilhoso poema nos ensina a Amar através da mais natural das relações amorosas que é a relação homem-mulher, do Noivo com a Noiva. Ele nos estimula a descobrir que o verdadeiro Amor deve estar em constante ampliação, em um alargamento contínuo, englobando cada vez mais os nossos semelhantes, o Universo todo e Deus. O poema quer nos ajudar a descobrir que o Amor é a matéria prima do Universo, é o Ar do ar que respiramos. 

Mas quando falamos em Amor entre homem e mulher, a primeira questão que se apresenta é: Como falar em paz diante de duas realidades tão diferentes? 

Vivemos em um mundo de opostos, onde estão sempre se defrontando realidades contrárias como, por exemplo, o homem e a mulher; os nossos sonhos de grandiosidade e a nossa realidade mesquinha; o nosso ideal de felicidade e o realismo duro e áspero da nossa vida cotidiana, ou seja, os nossos sentimentos mais elevados e a difícil luta pela sobrevivência. 

Conclusão

O fato é que falamos de paz apenas TEORICAMENTE, pois ela não é, para nós, uma realidade substancial, tangível; é apenas um discurso intelectual; é um conceito mental e não uma disposição real dentro do nosso peito. 

Se um dia pudermos tocar, de fato, instantes de paz verdadeira em nosso coração, compreenderemos que a paz, sem o menor esforço, concilia tudo aquilo que é aparentemente irreconciliável. 

O poder do Amor está em conciliar o que é aparentemente irreconciliável. Por isso, o Amor é a Paz e a Paz é o Amor. 

Beijos Amores. Que Deus abençoe. Muita PAZ!

Eu sou Alba Joacy. Jornalista, cantora, compositora e que ama JESUS! Adoro escrever e estar antenada com todos os assuntos de momento! Esse será o nosso espaço para trocarmos informações e opiniões! Espero vocês!

3 comentários:

  1. Só tenho a agradecer por estas palavras tão mágicas e de conforto. É preciso que a gente ame e confie cada vez mais no próximo, só assim a gente viverá em paz. Deixemos a violência e o ódio para trás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Temos que nos tornar pessoas melhores a cada dia! Tratar o outro com respeito! ter mais paciência... Assim pouco a pouco o mundo vai ficando melhor para se viver!

      Excluir
  2. A paz verdadeira é possível vivermos quando aceitamos Jesus na nossa vida!Quando morremos para o mundo e renascemos em cristo Jesus! É impossível ter paz idealizando as coisas desse mundo!A paz é uma escolha de vida!muitos querem a paz mas não abrem mão do seu eu!Tenho paz porque Jesus é minha inspiração de vida!qual é sua inspiração de vida?pensem!!!

    ResponderExcluir